Uerj pesquisa efeitos da covid-19 na concentração, raciocínio e memória



O Laboratório de Pesquisa e Intervenção em Neuropsicologia (Lapin) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) está recrutando até 15 de maio voluntários para uma pesquisa sobre o impacto da covid-19 na cognição - concentração, raciocínio e memória.

Podem participar gratuitamente pessoas entre 18 e 65 anos que têm diagnóstico confirmado da doença.

Após o estudo, os participantes recebem uma avaliação neuropsicológica resumida com laudo. Para aqueles que precisarem de acompanhamento, o Lapin pode oferecer orientações, rodas de conversas e oficinas de estimulação.

O coordenador da pesquisa, professor Carlos Eduardo Nórte, diz que estudos recentes sugerem que a covid-19 afeta o Sistema Nervoso Central e pode provocar tontura, dor de cabeça e até mesmo acidente vascular cerebral.

“Por afetar diversas regiões do cérebro, as sequelas da doença também podem incluir alterações cognitivas, como dificuldades de memória, concentração e raciocínio”, acrescenta Nórte.

Ele explica que a intensidade e a duração das sequelas variam entre pessoas. A maior parte da população se recupera naturalmente nos primeiros meses, porém existem casos que duram mais de um ano.

A inscrição é gratuita e pode ser feita até 15 de maio pelo endereço https://linktr.ee/lapinuerj ou pelo instagram do laboratório: @lapinuerj. Mais informações: lapinuerj@gmail.com.

Assessoria Uerjfull-width

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer