Festival Gastronômico Delícias do Vale do Café começa nesta quinta-feira (12)

Evento acontece de 12 a 15 e de 19 a 22 de maio, reunindo mais de 60 estabelecimentos, além de fazendas históricas e produtores da região


O mês de maio, uma das épocas mais gostosas para se visitar o Vale do Café, ficará ainda mais saboroso: no período, a região realiza a primeira edição do Festival Gastronômico Delícias do Vale do Café.

O evento acontece em dois fins de semana – de 12 a 15 e de 19 a 22/5 - e reúne 11 municípios que compõem o Vale do Café: Valença, Vassouras, Barra do Piraí, Piraí, Engenheiro Paulo de Frontin, Mendes, Rio das Flores, Miguel Pereira, Paty do Alferes, Paraíba do Sul e Rio Claro, além dos distritos Ipiabas e Conservatória.

“Um dos objetivos do festival é valorizar a cultura gastronômica do Vale do Café como um todo, que é repleta de histórias e tradições”, comenta Maria Inês Oliveros, da Tropic Produções, uma das realizadoras do evento.

Além dos mais de 60 estabelecimentos, entre cafés, docerias, sanduicherias e restaurantes, fazendas históricas e produtores do Vale também participam do festival, ressaltando a gastronomia de excelência da região, além de integrar os produtores com empresas de gastronomia e hotelaria da região.

No período, cada estabelecimento servirá uma receita criada exclusivamente para o evento e os pratos terão preços fixos: entradas, sanduíches e sobremesas saem a R$ 30; petiscos a R$ 45; e pratos principais a R$ 65.


Café com leite – de búfala!


Entre as receitas, o café impera – em especial, nas sobremesas – mas outras bebidas da região também se fazem presentes, como o leite de búfala.

A iguaria é a base de um drink que combina leite e doce de leite, ambos de búfala, servido para acompanhar a sobremesa “Rocafé”, da Fazenda Alliança Agroecológica. Os laticínios orgânicos e certificados vêm diretamente da fazenda, que fica em Barra do Piraí. Além do drink (que inclui ainda café orgânico Durini), a sobremesa é composta por um minirrocambole de pão de ló de chocolate e leve toque de cravo com recheio de limão.

Quem assina a criação é a chef pâtissier Camilla Tinoco, natural de Vassouras e formada na tradicional escola francesa Le Cordon Bleu. Camilla criou, ainda, sobremesa “Charlotte Imperial”, uma verdadeira obra de arte, que poderá ser saboreada na Fazenda Alliança Agroecológica, no Bistrô do Poeta (Conservatória) e no Bliss Hotel Gastrobar, em Vassouras. Na receita, biscuit Joconde de Chocolate, ganache de chocolate 70% com mel silvestre, nibs de cacau caramelizados, mousse de café, glaçagem de cacau e buttercream de chocolate com baunilha.

Já a cachaça realça ainda mais sabor o sabor da “Costelinha Embriagada”, prato do Armazém Imperial, em Vassouras, que reúne costelinha suína flambada na cachaça Carvalheira e farofa crocante; e garante o toque a mais na sobremesa “Frescor e Sabor”, do Café, Chá, Chocolate & Cia, com casas em Mendes e Vassouras – brownie de café recheado com doce de leite acompanhado de sorvete de manjericão feito com leite de búfala, servido com café da casa com cachaça e chantilly.


Vegetariano & Torresmo

Os vegetarianos também fazem a festa no Delícias, com receitas como o “Ravioli de Chèvre”, do Le Veló Montaigne, em Miguel Pereira, que traz ravioli de figo e queijo de cabra ao beurre blanc, finalizado com castanha do Brasil e tomates coloridos; e os “Cubos de Polenta Recheada”, do Hotel Santa Amália, em Vassouras, recheados com ragu de tomates frescos com manjericão ou taioba com ricota (quem não abre mão de carne, a opção é o cubo recheado de rabada desfiada e agrião).

Para quem busca o gostinho da fazenda, as dicas são o “Torresmo dos Inconfidentes”, do Espaço Barbatimão, em Paty do Alferes: barriga de porco enrolada, assada e frita, acompanhada de aipim frito e molho de azeite, limão, alho, manjericão e hortelã; e o “Porco na Lata”, do Restaurante do Valle, em Barra do Piraí, com carne de porco confitada na banha de porco, purê de batata baroa e farofa de panko com macadâmia.

Já os fãs da cozinha internacional encontram o “Beouf Bourguignon de Vitela à la Antônio da Costa Franco”, da Fazenda São Roque, em Vassouras, que traz o clássico francês com aligot e farofa de bacon. Inspirado na Itália e na natureza exuberante da região, o Uaná Etê Jardim Ecológico, em Paulo de Frontin, criou o prato “Bacia Valente”.

O risoto de costela ganhou flores de bougainville e alfavaca, além de queijos, farofa de urucum e chips de mandioca.

E ainda tem o “Ceviche Imperial”, do Manu Sushi, em Rio Claro, combinando tilápia, camarão, polvo, cebola roxa, pimenta, farofa de macadâmia e crispy de alho-poró.

As delícias ficam em cartaz nas casas participantes durante os dias de festival e são servidas de acordo com o horário de funcionamento de cada estabelecimento.

Para facilitar, uma revista virtual reúne todas as informações, como descritivo dos pratos, endereços e horários de funcionamento, além da programação cultural.

O guia pode ser baixado no celular através de um QR Code disponível no site do festival e em displays nas mesas dos participantes.


Delícias na Praça & Circuito Cafeterias

Nos dois fins de semana, o festival promove o evento itinerante Delícias na Praça, em Conservatória, distrito de Valença.

Por lá, patrocinadores do evento e cerca de 20 produtores da região contarão com stands para degustação e venda de seus produtos.

A Praça da Matriz será cenário, ainda, para apresentações culturais. A mostra acontece às quintas e sextas das 14h às 22h; sábado, das 10h às 22h e domingo, das 10h às 15h.

Já o Circuito Cafeterias promete encantar os fãs de café, que poderão visitar as fazendas históricas que produzem os grãos, conhecer os cafezais e degustar os produtos nas cafeterias instaladas dentro das propriedades. Para acompanhar o cafezinho, sobremesas criadas especialmente para o Delícias.

Também fazem parte do circuito o Museu do Café e o Café Escola, ambos em Vassouras, de onde saíram os melhores baristas do país.

Um mapa irá apresentar todo o Circuito Cafeterias, que vai conduzir os visitantes por toda a história do café e do Vale.

A expectativa é de que o Delícias do Vale movimente a economia local. “Estamos apostando muito no sucesso do festival, tanto pelo nível de organização proposto como pela oportunidade de, pela primeira vez, mostrar a riqueza e a diversidade da culinária que é feita em todo o Vale do Café, privilegiando e prestigiando a cadeia produtiva local e, com isso, brindar o público com pratos ricos, bonitos, saudáveis e sustentáveis. Os visitantes vão se surpreender com a criatividade e qualidade de nossos chefs. Esperamos que a população da região também se desloque para os municípios vizinhos, a fim de descobrirem lugares novos e que estão bem ao seu lado”, comenta Leonel Vasconcelos Junior, Presidente do Vale do Café Convention & Visitors Bureau.

O festival tem como apoiadores Senac RJ, Sesc RJ, Vale do Café Convention & Visitors Bureau, Federação Estadual dos Convention & Visitors Bureaux RJ, SlowFood Sabores do Vale, Turisrio, Setur-RJ, ABIH-RJ, Sebrae, Condetur, Acritur, Hybatur, ADR Líder Vale Médio Paraíba, Movimento 2030 Valença, Comtur de Valença, Associação Comercial de Valença, Associação Comercial de Vassouras, CitVale e Prefeituras dos 11 municípios do Vale do Café. A realização é da Tropic Produções. 

Fonte: Arteiras Comunicação
Imagem: Leandro Oliveirafull-width

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer