EXCLUSIVO: Suspeita de matar companheiro com golpe de faca em Três Rios diz ter agido em legítima defesa

Relato foi feito no final da tarde desta terça feira (26), durante depoimento à Polícia Civil


A suspeita de ter matado o próprio companheiro com um golpe de faca em Três Rios, na madrugada desta terça-feira (26), diz ter agido em legítima defesa. O caso aconteceu no bairro Monte Castelo.

Segundo apurado com exclusividade pelo Entre-Rios Jornal, a mulher confessou o crime após se apresentar na delegacia da cidade no final desta tarde.

Acompanhada de testemunhas, a suspeita relatou que vinha sofrendo violência doméstica do então companheiro, identificado como Guilherme de Mello Araújo, de 26 anos.

Após a conversa com as autoridades, ela realizou exame de corpo de delito e foi liberada.

O caso segue sendo investigado pela 108 DP.

Entenda como aconteceu o crime aqui




4 Comentários

  1. Fica um questionamento em relação ao assassinato do rapaz (Guilherme): se ela vinha sofrendo violência doméstica, onde estão os Boletins de Ocorrência? A história está confusa: ela matou o companheiro no banheiro , fato que dá indício de não briga corporal. Ele não teve tempo de defesa. Ela deixa as crianças com parentes e foge: pré meditado. Só aparece mais tarde com algumas "testemunhas " após o flagrante. Por que não chamou a polícia já que ele estava agredindo. E as crianças vão ficar na guarda de uma assassina confessa? Esperamos que a justiça seja feita. Ele tem que ser presa. Nada justifica tirar a vida das pessoas, principalmente do pai do filho dela. Ela não matou apenas esse rapaz, mas sim os pais dele. Irmã, filho e familiares.

    ResponderExcluir
  2. Gente, essa assassina não será presa?
    Que vergonha !
    Está nítido que ela não agiu em legítima defesa.
    Quem age em legítima defesa não foge, pelo contrário: busca ajuda.
    Vergonha essa justiça brasileira!!!

    ResponderExcluir
  3. A mulher não é suspeita.
    Ela é assassina confessa.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem