Aplicativo pode ajudar a identificar distúrbios neurológicos


Imagine um aplicativo pelo qual, através celular, seja possível evidenciar traços de problemas como Alzheimer e Transtorno de Déficit de Atenção? Seria ótimo, certo?

A boa notícia é que a novidade já foi desenvolvida e está em fase de testes: um grupo de pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, criou um app que utiliza a câmera de selfie para realizar diagnósticos prévios que posteriormente, claro, precisarão ser respaldados por um especialista.

O app aproveita a tecnologia presente em alguns aparelhos capazes de fazer reconhecimento facial para, com o infravermelho, fotografar e encontrar as medidas do usuário. A medida pupilar, atualmente, é um fator importante para ajudar na identificação de distúrbios neurológicos.

A preocupação dos idealizadores é tornar a ferramenta, além de útil, fácil de ser manuseada por idosos e pessoas com déficit cognitivo.

E desta forma proporcionar a todos oportunidade de, constatada qualquer alteração, buscar orientação médica, obter tratamento precoce e ter mais qualidade de vida. Excelente!

#bomfimdesemana
Daniele Barizon
Foto: Reprodução

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer