Segurança Presente completa duas semanas de atuação em Três Rios

Base do Segurança Presente na Avenida Condessa do Rio Novo, em Três Rios


Nesta quarta-feira (13), o programa “Segurança Presente”, projeto de reforço ao trabalho da Polícia Militar no combate à criminalidade, completa duas semanas de atuação em Três Rios.

O Entre-Rios Jornal conversou com o coordenador da base, major Rodrigo, que esclareceu algumas dúvidas em relação a ação na cidade, além de fazer um balanço dos primeiros dias de atuação.

Iniciado ainda em 2014 com o intuito de combater a criminalidade no bairro da Lapa, na Zona Norte do Rio de Janeiro, o projeto logo ganhou notoriedade ao devolver aos moradores locais o sentimento de confiança ao transitarem nas ruas.

A ação também acabou sendo fundamental para os comerciantes, já que a crescente sensação de segurança levou a um aumento significativo no número de turistas, o que acabou aquecendo o comércio da região.


O sucesso do programa levou à expansão, no ano seguinte, para outros bairros do Rio. Em dezembro de 2017, a operação cruzou a ponte e foi inaugurada no município de Niterói.

Já em agosto de 2019, chegou na Baixada Fluminense e hoje está presente em mais de 30 localidades do estado.

O projeto chegou a Três Rios após uma reivindicação do prefeito Joa, por meio de um ofício entregue ao Secretário de Estado de Governo, Rodrigo Bacellar, e com o apoio do então secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Vinícius Farah.



“A Operação Segurança Presente serve como um complemento as ações realizadas pelo 38º Batalhão. Somos focados no policiamento de proximidade, ou seja, estamos mais presentes no contato direto e personalizado à população”, disse o coordenador da base.

Contando com um efetivo de 20 policiais militares, que foram capacitados com treinamento de técnicas de abordagem, conceitos de polícia comunitária e direitos humanos, o projeto tem como principal foco de atuação o Centro da cidade.

“Atuamos em toda a área comercial e também em outros pontos estratégicos como a Avenida Beira Rio e os terminais rodoviários. Para cobrir todas essas localidades, já contávamos desde o primeiro dia com um serviço motorizado bem abrangente com dois carros, uma van e quatro motos. Entretanto, nessa semana, após uma reunião no Palácio do Guanabara, conseguimos mais duas motocicletas para o efetivo, o que sem dúvidas fará com que possamos chegar às ocorrências com ainda mais rapidez do que nesses primeiros dias”, completou.
 

Nessas duas semanas de atuação, a “Operação Segurança Presente” cumpriu quatro mandados de prisão e mais de 300 abordagens à população, além de diversas apreensões de droga em flagrante.

Localizado na Avenida Condessa do Rio Novo, próximo ao terminal rodoviário, o projeto também atuará, futuramente, na área social, com serviços de assistência para o atendimento a pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social.

Imagens: Divulgação/ Segurança Presentefull-width

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer