Santa Matilde: KPMG divulga lista de credores, mas parte dos ex-funcionários ainda não será paga

A KPMG Administradora Judicial, empresa responsável pelo pagamento dos ex-funcionários da falida Companhia Industrial Santa Matilde, divulgou na última quarta-feira (6) a terceira lista de antigos colaboradores da Massa Falida, que irão receber os valores do rateio estipulado pela Justiça.

Segundo o documento emitido pela administradora judicial, apenas 114 dos credores receberão seus direitos trabalhistas. Outras 466 pessoas estão, por ora, legalmente impedidas de obterem os recursos.

De acordo com a KPMG, esses ex-empregados apresentam pendências; muitos faleceram e seus beneficiários não foram indicados, outros não apresentaram dados bancários ou carecem da procuração para o advogado que os representam.

Na documentação entregue ao Juiz da 1ª Vara Civil da Comarca de Três Rios, Eduardo Buzzinari, a empresa pediu autorização para a elaboração de um quarto borderô, que deve incluir os trabalhadores que não foram contemplados na terceira listagem.

Em suas redes sociais, a Presidente da OAB Três Rios, Márcia Piaz, disse que tem mantido contato frequente com a KPMG Administradora Judicial a fim de agilizar o pagamento dos credores, e que está tomando providências para solucionar o problema dos ex-funcionários que ficaram de fora da lista.

Nesta quinta-feira (7), ex-metalúrgicos da Santa Matilde realizaram um protesto pacífico em frente ao Fórum de Três Rios, pedindo por mais agilidade no processo, que tramita desde o ano de 2004.

Até o momento, 1.422 dos 2.002 membros do processo receberam, efetivamente, seus direitos. Os valores dos pagamentos, até então, somam 10,9 milhões de reais.

Por Luiza Vantine
Imagem: Reproduçãofull-width

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer