Homem mais rico do mundo, Elon Musk é o novo dono do Twitter


A venda do Twitter para o homem mais rico do mundo foi destaque nesta semana em noticiários de todo o mundo.

O novo dono da rede social é o bilionário Elon Musk, proprietário da montadora de carros elétricos Tesla. O empresário irá desembolsar US$ 44 bilhões (equivalente a R$ 215 bilhões) para a aquisição da plataforma.

Com 217 milhões de usuários no mundo, o Twitter é uma espécie de microblog que permite publicações de até 280 caracteres com vídeos, imagens e GIFs. A plataforma, criada em 2006, é gratuita e pode ser usada através de aplicativo ou navegador web.

O Brasil ocupa o quarto lugar no ranking de usuários do Twitter, atrás apenas de Estados Unidos, Japão e Índia. A plataforma reúne 19,05 milhões de brasileiros.

Elon Musk, usuário ativo do Twitter com 87 milhões de seguidores, defende a liberdade de expressão na plataforma, o que pode gerar mudanças na rede social.

O bilionário pretende mudar as políticas de moderação de conteúdo do Twitter, que hoje é um importante espaço para debate público.

Em depoimento, Elon Musk disse que “a liberdade de expressão é a base de uma democracia em funcionamento e o Twitter é a praça da cidade digital onde assuntos vitais para o futuro da humanidade são debatidos".

No Brasil, especialistas e autoridades já estão atentos às possíveis mudanças do Twitter, principalmente devido à proximidade das eleições 2022. Segundo pesquisa FSB de março deste ano, cerca de 30% dos eleitores brasileiros estão na rede social.

O combate à desinformação e às fake news é a principal preocupação, o que fez o Tribunal Superior Eleitoral e o Twitter anunciarem no início de abril acordo para a veiculação de informações corretas e seguras.

No entanto, as possíveis mudanças propostas por Elon Musk não devem chegar a tempo das eleições no país, uma vez que a previsão é que o processo de compra da plataforma seja concluído somente no fim do ano.

Ainda não se sabe o que será do Twitter de Elon Musk, dono de postagens polêmicas e que já chegou a ser processado por difamação após um tuíte publicado. Nos resta aguardar...

Coluna Luana Lazarini
Imagem: Divulgaçãofull-width 

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer