Bramil Supermercados faz doações a Santana do Deserto

No dia 1º de janeiro município suspendeu temporariamente o recebimento de mais suprimentos


Na última segunda-feira (27) do ano passado, um temporal atingiu o município Santana do Deserto, na Zona da Mata Mineira. Dezenas de pessoas ficaram desabrigadas ou desalojadas e perderam tudo.

Diante da tragédia, já no dia seguinte o Bramil Supermercados disponibilizou às lojas de Comendador Levy Gasparian e Três Rios (Praça Autonomia), para receberem doações.

Centenas de produtos foram arrecadados, através da solidariedade dos clientes, e também doados pelo Bramil, como: com água mineral, materiais de limpeza, e alimentos, para que a Igreja Nossa Senhora Aparecida, de Levy Gasparian, pudesse preparar quentinhas aos desabrigados e voluntários.

No dia 30 do mesmo mês equipes do Bramil Supermercados já tinham realizado a entrega das doações. Já em 1º de janeiro de 2022, a prefeitura de Santana do Deserto anunciou que havia suspendido o recebimento de novos suprimentos, graças à mobilização e solidariedade de todos que se prontificaram a colaborar.

“Temos uma política de sempre ajudar as cidades que eventualmente são afetadas por desastres naturais. É uma situação muito triste, onde centenas de pessoas perderam tudo às vésperas do Ano Novo. É por isso, que apenas em 2021, doamos 14.400 cestas básicas, totalizando mais de 600 toneladas de alimentos para 14.400 famílias. Esperamos incentivar outros empresários e gestores em geral a doarem também", disse Josemo Júnior, diretor do Grupo Mil.

Os números são resultado de inúmeras ações sociais promovidas diariamente pelo Bramil Supermercados.

"Atuamos junto ao Tribunal de Justiça, às Prefeituras e as comunidades locais. Essas ações fazem parte do legado deixado por nosso eterno presidente Josemo Corrêa de Mello. Nossos projetos levam esperança aos jovens, capacitando-os para o retorno ao mercado de trabalho, ajudam projetos de proteção às mulheres e contribuem com iniciativas que promovem o bem estar de crianças com deficiências invisíveis", contou Alda Amaral, consultora de Responsabilidade Social. 

Com informações da Ass. Grupo Mil
Foto: Divulgação/Grupo Milfull-width

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer