Região Centro Sul Fluminense acumula mais de 1,5 mil novos postos de trabalho em 2021



Os dados agregados de todos os setores econômicos (indústria, comércio, serviços e agropecuária) mostram que a Região Centro Sul acumula 1.535 novos postos de trabalho formais de janeiro até outubro de 2021.

A análise feita pela Firjan, a partir da plataforma Retratos Regionais, revela que a indústria foi responsável por cerca de 70% dos empregos da região, com 1.020 vagas, em 2021.

O município Três Rios possui o maior saldo positivo com 859 no acumulado do ano, sendo 126 em outubro.

Segundo Alceir Corrêa, presidente da Firjan Centro Sul, a retomada econômica está acontecendo de forma gradual, mas apresenta melhoria na confiança dos empresários.

“A indústria tem sido o grande gerador de empregos, isso mostra que a economia está reagindo e que estamos avançando. Além disso, os empresários estão mais confiantes e com expectativas de dias melhores”, ressalta.


Números no estado

O estado do Rio abriu 19.703 postos de trabalho formais em outubro. Análise feita pela Firjan, a partir da plataforma Retratos Regionais, destaca que, com mais esse resultado positivo, o mercado de trabalho fluminense recuperou os empregos perdidos no início da pandemia de covid-19.

Entre março e agosto de 2020 foram extintos 198.649 postos de trabalho e, de setembro de 2020 a outubro de 2021, foram abertos 200.226.

“Esse resultado, além de mostrar recuperação dos empregos, indica que os empresários fluminenses estão confiantes. É um marco importante, mas temos que continuar atentos a fatores que podem impactar essa retomada, entre eles as questões estruturais”, diz Rodrigo Santiago, presidente do Conselho Empresarial de Economia da Firjan.

Em outubro, os setores da indústria e construção abriram 3.910 postos de trabalho. A construção civil (+1.003) seguiu se destacando, seguida por Serviços Industriais de Utilidade Pública (+721), Manutenção, Reparação e Instalação de Máquinas e Equipamentos (+686) e Confecção de Artigos do Vestuário e Acessórios (+652).

O setor de Serviços abriu 11.682 vagas no mês, com destaque para Restaurantes e Outros Estabelecimentos de Serviços de Alimentação e Bebidas (+2.153) e Fornecimento e Gestão de Recursos Humanos para Terceiros (+1.107).

No Comércio, o saldo de outubro foi de 4.884 contratações e os destaques foram Hipermercados e Supermercados (+782) e Vestuário e Acessórios (+750). Já a agropecuária fechou 773 vagas.

No acumulado de janeiro a outubro deste ano, o estado abriu 142 mil postos de trabalho, distribuídos entre os setores de serviços (+82,5 mil), indústria e construção (+33,5 mil), comércio (+23,8 mil) e agropecuária (+2,4 mil).

As contratações estão disseminadas pelo estado, com 83 dos 92 municípios apresentando saldo positivo no acumulado do ano.

Os destaques no período são capital (+64 mil), Macaé (+9,3 mil), Niterói (+6,3 mil), Campos dos Goytacazes (+4,5 mil) e São Gonçalo (+3,7 mil).


Plataforma Retratos Regionais

A plataforma Retratos Regionais da Firjan tem como base o saldo de empregos formais disponibilizados no Caged. No painel setorial são disponibilizados dados específicos dos setores industriais.

Em painel regional, que também permite a busca por município, é apresentado o cenário geral de empregos, incluindo todos os grandes setores. A plataforma pode ser acessada através deste link: https://bit.ly/2WunK6l

Assessoria de Imprensa Firjan
Imagem: Reproduçãofull-width

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer