Governador assina decreto de redução de ICMS para as áreas de comunidades



O governador Cláudio Castro assinou, nesta quarta-feira (1º/12), o decreto que reduz o ICMS nas contas de luz para baixo consumo.

A Lei 9.449 diminui de 27% para 12% a alíquota nas residências com consumo de até 450 kwh, desde que os clientes estejam no Programa Especial de Tarifas Diferenciadas da Aneel. A iniciativa estimula moradores de áreas carentes a saírem da informalidade.

"Uma política tributária justa é boa para as pessoas e para o estado. Com a redução da alíquota, vamos ajudar a população a sair da informalidade e receber serviços de qualidade. Esse decreto leva dignidade e justiça para as pessoas. Muitos terão um comprovante de residência pela primeira vez em suas vidas", disse o governador Cláudio Castro.

A medida traz alívio para os consumidores fluminenses em meio à alta do custo de energia. O decreto traz benefícios sociais aos moradores de comunidades que, além de saírem da clandestinidade, serão atendidas pela Light ou pela Enel, com investimentos em infraestrutura básica, melhorias da rede, ações de eficiência energética e melhorias no atendimento.

Anteriormente, o ICMS para o consumo entre 301 kwh e 450 kwh era de 27% para todos os clientes. Apesar da redução da alíquota, a expectativa é de aumento da arrecadação, à medida que novos consumidores sejam incorporados ao novo modelo.

Os benefícios da parceria com as distribuidoras vão estimular a regularização de parte dos clientes que hoje não pagam conta de luz.

"É um momento importante para o estado, estamos construindo soluções buscando o bem estar da população fluminense. A redução da alíquota vai trazer dignidade para os moradores e não vai causar prejuízo nas contas públicas, já que as distribuidoras ganharão mais clientes. É uma parceria importante entre o governo, a Enel e a Light", comentou o secretário da Fazenda, Nelson Rocha.

Durante a cerimônia, também estavam presentes o presidente da Light, Nonato Castro, e o presidente do conselho de administração da Enel, Guilherme Lencastre.


Outras reduções de ICMS

Nos últimos meses, o governo do estado também garantiu incentivos fiscais a diversos segmentos, entre eles bares e restaurantes, produtores rurais, a Feira da Providência, arroz e feijão, botijão de gás e combustível de aviação.

As iniciativas atendem a pedidos dos setores e ajudam no fomento da geração de emprego, economia e turismo fluminense, contribuindo também para amenizar o impacto econômico para as famílias fluminenses. 

Ascom Segov
Imagem: Luis Alvarengafull-width

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer