Unidos da Depressão - Nota Oficial

Foto: Reprodução do Colunista

O Grêmio Recreativo Bloco AntiCarnavalesco Unidos da Depressão, com sede na pacata cidade de Raposo, vem comunicar aos que precisam descansar, mesmo após diversas quarentenas, que estão abertas as reservas para o período do Carnaval.

Aos avessos à folia, e aos muitos que se encontram deprimidos, nossas estâncias minerais, com águas mornas e tranquilas, oferecem no pacote salões com Festivais de Buraco e Dominó.

Animados concursos de Damas e Xadrez.

Combos de chá de camomila, erva cidreira e hortelã servidos como se fossem água.

Saunas concorridas com essências de eucalipto, cavacas e leite desnatado inclusos no café da manhã.

E para levar um 10 em desanimação, grandes bailes, todas as noites, denominados "Deixe o samba morrer, deixe o samba acabar" com a Orquestra Anos Dourados.

Agora, pedimos aos nossos associados que suspendam suas campanhas na Internet contra o Carnaval. Vamos respeitar as diferenças.

Vetar os bailes carnavalescos nos clubes sociais ainda passa, mas condenar os blocos que vão sair ao ar livre seria negar as pessoas ainda não deprimidas o direito de brincar e se divertir.

O que não abrimos mão é de considerar o Lobão "Persona non grata" por aqui.

Querem saber? Nem teríamos quarto para atender tanta gente que quer ir atrás do Trio Elétrico. E atrás do Trio Elétrico só não vai quem já morreu. E estamos quase chegando lá.

E não se esqueçam, o clima, a passividade e a calma sempre foram as nossas maiores atrações. Vamos cruzar os braços e esticar as pernas na cadeirinha do papai para preservar nossos ideais de fundação.



Atenciosamente



Doutor Sono

PRESIDENTE

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer