Paracambi comemora 61 anos neste domingo (8)

A Fábrica do Conhecimento é referência em educação na Baixada Fluminense. O prédio foi sede da antiga fábrica de tecidos Companhia Brasil Industrial


O nome "Paracambi" é um termo indígena, de origem tupi. A junção dos termos pará (rio grande, caudaloso), ka'a (mata) e oby (verde) significa "mata verde do grande rio"

Em 1960, o sétimo distrito de Vassouras, denominado Tairetá, e o terceiro de Itaguaí, denominado Paracambi, uniram-se e formaram um único município, que manteve o nome do último, por ser mais antigo. Isso se deu por conta de uma forte militância popular com o apoio de personalidades locais. 

Neste mesmo ano, foi sancionada a Lei nº 4.426, de 8 de agosto de 1960, tornando Paracambi um município. Delio Bazilio Leal, primo do então governador Roberto Silveira, foi o primeiro prefeito e teve uma grande importância no processo de unificação dos dois distritos.

Com a inauguração da Estrada de Ferro Dom Pedro II em 1861, a Vila de São Pedro e São Paulo apresentou um acentuado crescimento nos setores da agricultura e pecuária, graças ao trabalho escravo.

Isso se deu por conta de que, em 1867, a despovoada Fazenda dos Macacos hospedou um grupo de ingleses que, admirados com a beleza da região, iniciou o trabalho de instalação de uma fábrica de tecidos de algodão.

A fábrica recebeu, então, o nome de Companhia Têxtil Brasil Industrial, que chegou a ser visitada pelo imperador brasileiro Dom Pedro II, em julho de 1880. Dessa forma, após a inauguração da tecelagem, a Fazenda dos Macacos foi ficando mais populosa com a chegada de operários e suas famílias.

Até 1885, o comércio resumia-se em: duas padarias, dez armazéns, uma capela e duas farmácias. E tudo funcionando precariamente. Já em 1888, foi instalada uma escola noturna com capacidade para 200 alunos de ambos os sexos.

Então, em 1894, foi fundado o Clube Brasil Industrial, chamado de cassino, pois inicialmente atendia apenas os diretores para jogos de lazer sendo, posteriormente, cedido aos funcionários para a realização de bailes e festividades.

A cidade da Região Metropolitana fluminense, com pouco mais de 52 mil habitantes, é atendida pelos trens da SuperVia, através do Ramal de Paracambi, com estações no Centro e no bairro de Lages. Pelo ramal, é realizada a ligação de Paracambi com o município vizinho de Japeri, de onde em seguida, é feita a ligação com a capital fluminense.

No carnaval de 2007, o município foi homenageado pela escola de samba Acadêmicos do Cubango, de Niterói, que desfilou pela Marquês de Sapucaí, na Série A, com o enredo "De fio a fio na Real, pra lá pra li, Paracambi".

Lucimar Cristina da Silva Ferreira, a Lucimar do Dr. Flávio (PL), é a atual prefeita do município, eleita em 2020 com 52,23% dos votos (12.558 votos). O atual presidente da Câmara de Vereadores é Antonio Carlos Soares Chamabarelli (DEM). 

Com informações da Prefeitura de Paracambi
Imagem: Reprodução
full-width

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer