Joel São Tiago comemora 42 anos de teatro com espetáculo em Três Rios

Evento acontece no Teatro Celso Peçanha entre 14 e 17 de maio

"Canto Geral" 1994/1995

Joel São Tiago, importante agitador cultural da cidade, vai comemorar os 42 anos de carreira no palco com um evento no Teatro Celso Peçanha, em Três Rios.

O artista, que já participou de inúmeros movimentos culturais na região, apresentará o espetáculo “Talismã”, em parceria com o Grupo de Amadores Teatrais Viriato Corrêa (GATVC).

Nascido no Rio de Janeiro, Joel mudou-se para Três Rios aos cinco anos de idade. O primeiro contato do artista com o teatro se deu já na escola primária.

A professora e atriz Leir do Espírito Santo Rosmaninho, que integrava o GATVC, foi a responsável por inserir Joel no Teatro Celso Peçanha, aos 12 anos.

Depois disso, o ator chegou a encenar um esquete de sua própria autoria no Colégio Walter Francklin, quando cursava o ginasial.

Joel São Tiago participou do seu primeiro espetáculo no Teatro Celso Peçanha em 1980, quando integrou o elenco de “O Bobo da Corte”, dirigido por Nilo Sérgio Hernandes da Costa.

Em 1981 iniciou a sua participação no GATVC, no espetáculo “A Cigana Me Enganou”, último trabalho da atriz Violeta Silveira. No mesmo ano, Joel passou a fazer parte do Teatro Experimental do Sesc, com os espetáculos de poesia “Sequência” e “Canto do Peito”.
 
Ensaio para o espetáculo Talismã, com Ariam Monte Mor


Ao longo de 40 anos, somam-se mais de 30 espetáculos, dos quais Joel participou como contra-regra, ator, diretor e produtor.

Dentre os trabalhos do ator, vale destacar “O Homem de Nazaré”, encenado na Praça São Sebastião na Semana Santa de 1983 e reencenado na Avenida Beira Rio em 1984, em que interpretou Caifás, integrando um elenco de 120 pessoas.

Como produtor, fez parte de alguns espetáculos de Rodrigo Portella, como “A Trilogia do Cárcere” (1996), “Entre Elas” (1997) e “Electra Blues (1998), a peça mais premiada da história do GATVC.

Além do teatro, Joel São Tiago tem uma relação íntima com a poesia. O artista participou intensamente de diversos espetáculos elaborados a partir de poemas.

“Leio poesia todos os dias”, confidencia Joel. “Entendo que a poesia é necessária e fundamental na vida das pessoas. Ela nos cativa, acolhe, abraça, embala, acaricia. A poesia é transformadora. Ela nos comove, instiga, estimula, provoca”, comenta.

Para Joel, corporificar e emprestar os sentidos a poemas de Fernando Pessoa, Carlos Drummond de Andrade, Thiago de Mello, Cecília Meirelles, José Régio e Ferreira Gullar é um privilégio.

Dentre os amigos, destaca Carminha Lima, Zélia Santos, Ezilma Teixeira, Helena Arruda, Wanderley Rodrigues, e Renato Esttrada, autores de poesias sobre as quais diz ser um prazer dividir com o público.

O espetáculo “Talismã: poesia e música com Joel São Tiago” acontecerá nos dias 14, 15, 16 e 17 de maio no Teatro Celso Peçanha, na Praça São Sebastião, sempre às 20h15.

A organização informa que as apresentações começarão pontualmente e que o espaço estará aberto trinta minutos antes do início. O valor antecipado do ingresso é R$ 15 e a classificação etária é 12 anos.full-width

"A filha do Faraó" 2009

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer