TIM alcança 100% de consumo de energia limpa

Com 46 usinas solares, hídricas, de biogás e de gás natural, e aquisição no mercado livre, operadora terá mais 31 plantas de fonte renovável até o fim do ano, inclusive em Vassouras e Três Rios


A TIM acaba de dar um grande passo em seu projeto de geração distribuída de energia. A operadora alcançou a marca de 100% de energia limpa em seu consumo total, fruto das suas usinas — que já são 46, espalhadas por 19 estados e no Distrito Federal —, aquisição no mercado livre e compra de certificados de energia renovável.

A companhia também formalizou novas parcerias e, até o fim de 2022, deve chegar a 77 plantas de energia para consumo próprio, com geração de 38,2GWh mensais, o suficiente para abastecer 19 mil antenas. A maior parte será de energia solar (65) e as demais terão fontes hídricas (7), de biogás (3) e de gás natural (2).

No Estado do Rio de Janeiro — que já conta com duas usinas solares em Seropédica, no Grande Rio —, serão instaladas duas unidades na Região do Médio Paraíba: em Três Rios e Vassouras.

Em dezembro, a TIM alcançou 83% da energia consumida vinda de fontes renováveis, uma média de 79% no ano. A marca de 100% de energia limpa foi possibilitada pela aquisição de certificados de energia renovável.

Cada certificado garante que 1MWh foi injetado no sistema interligado nacional a partir de uma fonte de geração de energia renovável.

Ou seja, é uma forma de compensar o consumo proveniente de fontes não renováveis, garantindo que o sistema como um todo está sendo cada vez mais abastecidos de energia limpa.

A TIM também aposta em modelos de antenas que já são diretamente alimentadas por fontes de energia renovável, como placas solares. Recentemente, a companhia instalou a primeira antena movida por energia eólica.

Instalada no balneário de Pipa, no Rio Grande do Norte, tem pás no seu topo para captação e geração de eletricidade a partir do vento, com movimento mais silencioso e eficiente, além causar menor impacto visual.

Essas iniciativas, além de fomentarem o uso de energia limpa, contribuem na inclusão digital da sociedade, permitindo que a rede 4G — e, consequentemente, o acesso à internet pelo celular — cheguem a regiões mais isoladas e sem energia elétrica disponível.


Sobre a TIM

“Evoluir juntos com coragem, transformando tecnologia em liberdade” é o propósito da TIM, operadora com atuação nacional e líder em cobertura 4G. Reconhecida por estar à frente de movimentos importantes do mercado — em linha com a sua assinatura, "Imagine as possibilidades" –, a empresa é pioneira em testes do 5G no país e teve atuação protagonista no leilão da nova tecnologia, que revolucionará diversos segmentos da economia brasileira.

Por atuar comprometida com as melhores práticas ambientais, sociais e de governança, integra importantes carteiras da bolsa brasileira, como a do Novo Mercado, do S&P/B3 Brasil ESG, do Índice de Carbono Eficiente e do Índice de Sustentabilidade Empresarial.

Está listada no Sustainability Yearbook 2022, que reúne as empresas mais sustentáveis do mundo, e foi a primeira operadora a obter o selo “Pró-ética” da Controladoria Geral da União e a certificação ISO 37001, de combate ao suborno.

A TIM valoriza uma cultura organizacional mais diversa e inclusiva e trabalha também para combater o preconceito e conscientizar toda a sociedade.

Essa atuação já recebeu reconhecimentos importantes: a operadora está no Índice de Equidade de Gênero da Bloomberg e lidera, entre as empresas do Brasil e do setor de telecom mundial, o Refinitiv Diversity & Inclusion Index, que mede o desempenho de mais de 11 mil companhias. Para mais informações, acesse www.tim.com.br

Fonte: Marcelo Dias | MassMedia
Imagem: Divulgaçãoleft-sidebar

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer