Interior apresenta média de 91,25% de ocupação hoteleira no Réveillon

Boa parte das regiões do Estado do Rio de Janeiro terá um grande movimento turístico na virada do ano.

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro (ABIHRJ), tudo indica que o Réveillon terá excelentes números de ocupação nos hotéis, atingindo a média de 91,25%. O índice faz parte da pesquisa Réveillon 2021-2022 nos municípios do interior do Estado do Rio.

"A retomada de diversos setores no Estado do Rio de Janeiro em 2021 inclui o turismo. As perspectivas de incremento para 2022 são ótimas. Todas as regiões do estado têm atrativos e estão preparadas para receber bem os turistas também na alta temporada, nos períodos do fim do ano e férias", garantiu o governador Cláudio Castro.

O presidente da ABIHRJ, Paulo Michel, acredita que os números poderão chegar a 100% no dia da virada.

"Os hotéis estão mais do que preparados em termos de protocolos para operar com ocupação completa com todo o conforto e segurança para os hóspedes", ressaltou.

Para o secretário estadual de Turismo do Rio de Janeiro, Gustavo Tutuca, os números provam que o Rio de Janeiro está fechando 2021 com chave de ouro e começando 2022 com muito otimismo e uma retomada consistente e segura.

"Estamos fortalecendo o Rio de Janeiro como principal destino turístico do Brasil e temos certeza de que o planejamento e o trabalho iniciados este ano renderão muitos frutos no cenário de pós-pandemia", enfatizou.

A região com maior índice é Angra dos Reis, com 97% da ocupação hoteleira, seguida de perto por Cabo Frio e Paraty, empatados 96%. Armação dos Búzios está em terceiro, com 94,80%, Arraial do Cabo em quarto (93,60%) e Macaé em quinto (93,50%).

Na sexta posição está Petrópolis, com 93%. Vassouras vem em sétimo, com 91,60%, logo à frente de um novo empate: Teresópolis e Valença/ Conservatória têm 91%, na oitava posição.

A nona posição também é dividida por Rio das Ostras e Miguel Pereira, ambos com 90%. Itatiaia/ Penedo apresentam 84% e Nova Friburgo 76%. 

Ascom Segov
Imagem: Divulgação
full-width

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer