Governador Cláudio Castro anuncia aumento de bolsas para pesquisadores fluminenses

O governador Cláudio Castro anunciou, nesta quarta-feira (22), o aumento das bolsas para alunos de iniciação científica, mestrado, doutorado e pós-doutorado em todo o estado do Rio de Janeiro. Com o anúncio, os valores passarão por um reajuste de 25%, após oito anos sem aumento.

"A medida tem um significado especial porque ajuda a conter a fuga de cérebros, que tem levado pesquisadores fluminenses a outros estados e países, em busca de melhores rendimentos. Muitos bolsistas são chefes de família e não tinham perspectiva de dar continuidade a suas linhas de pesquisa e, agora, ganham novo incentivo e valorização do governo do estado", destaca Cláudio Castro.

Um aluno de mestrado que recebe, atualmente, R$1.600 passará a receber uma bolsa de R$ 2.000 ao mês.

Um doutorando deixa de ter uma bolsa de R$ 2.300 por mês, para receber R$ 2.875. Serão 19 categorias de bolsas de formação reajustadas, incluindo também pós-doutorado e recém doutores que passarão de R$ 4.100 para R$ 5.125.

"Com este aumento de 25% para as bolsas de formação, concedido pelo governador Cláudio Castro, a Faperj passa a liderar, entre todas as fundações brasileiras de amparo à pesquisa, os valores concedidos aos seus bolsistas", afirmou Jerson Lima Silva, presidente da Faperj e pesquisador titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

No Rio de Janeiro, a Faperj apoia mais de seis mil bolsistas. O valor da folha de bolsistas Faperj passará de R$ 11,9 milhões para R$ 13,6 milhões ao mês.

Além disso, a Faperj comemora ainda os investimentos recordes aplicados no sistema de Ciência e Tecnologia.

Foram cerca de R$ 600 milhões distribuídos em 49 editais lançados em 2021, com investimentos em escolas da rede pública, apoio ao desenvolvimento científico e tecnológico regional, startups, jovens doutores empreendedores, apoio à inovação em micro, pequenas e médias empresas.

Em 2020, foram R$ 365 milhões aplicados em diversos editais, incluindo 120 diferentes projetos para o enfrentamento do coronavírus, com investimentos de mais de R$ 75 milhões. 

Ascom Segov
Imagem: Divulgaçãofull-width

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer