De "brigão" à referência

André Tadeu, líder da ATS Tubarões, é uma personalidade que vivenciou em Três Rios, todas as facetas de um verdadeiro campeão no esporte e na vida.

No início dos anos 2000, quando o apoio ao esporte era muito mais difícil que nos dias atuais, havia um preconceito muito grande da população contra os esportistas de combate, e assim como é hoje, não existia apoio governamental.

A academia de André Tadeu, que hoje é mundialmente conhecida, a ATS Tubarões, formou e enviou o primeiro atleta de Três Rios para lutar fora do Brasil.

Rodrigo Lima viajou para o México, representou Três Rios e o Brasil, trazendo duas Medalhas. Esse foi o início da trajetória de André, que construiria uma história de sucesso, tanto como atleta, quanto como técnico e líder de equipe.

No início dos anos 2000, André, através de parceria com o Mestre Carlos Silva, trouxe além do taekwondo, modalidades como muay-thai e jiu-jitsu para a cidade, e em seguida, começou seus treinos para o MMA (Artes Marciais Mistas), tornando-se o primeiro atleta a representar Três Rios nessa modalidade.

Um marco muito importante nessa trajetória foi a realização do primeiro evento de MMA em Três Rios.

  
O Coliseu Vale Tudo aconteceu em 2003, foi um sucesso e contou com a presença de nomes como Pedro Rizzo, que é uma das maiores lendas do MMA nacional, levando o esporte, até então conhecido como "Vale Tudo", para o coração da cidade.

Após sua estréia no MMA, que ocorreu em 2005, André, que foi desacreditado por muitos que consideravam o esporte como "brutalidade" e "coisa de brigão", venceu os preconceitos, dificuldades e construiu uma carreira de sucesso na modalidade, o que despertou o interesse de diversas pessoas comuns, que através de André foram descobertas e lapidadas como talentos para o esporte.

Foi partir daí que a ATS Tubarões tomou forma.

A ATS Tubarões formou do zero, atletas como Alex "Cowboy" Oliveira, que tem 21 lutas no UFC, o maior evento de MMA do Mundo.

O sucesso da equipe atraiu a atenção da mídia e de atletas do Brasil inteiro e com isso, ao longo dos anos, a ATS tem recebido em Três Rios, atletas que partem de diversas regiões do país em busca do sonho de serem um dia profissionais e integrarem os maiores eventos do mundo.

Isso ocorreu com Daniel "Miojo" Lacerda, que saiu de Valença-RJ em busca do sonho de lutar no UFC. Curiosidade é que Daniel, chegou à academia com um volume grande de macarrões instantâneos, daí seu apelido. O mesmo relata que o dinheiro que tinha só era suficiente para isso.

Hoje, depois de seguir todos os direcionamentos esportivos e também pessoais, pois todos tratam André como "pai" e "mestre", Daniel, assim como Alex, também faz parte do elenco do UFC.

André, que hoje é referência quando o assunto é luta, tem ajudado dezenas de atletas a realizar seus sonhos levando consigo o nome da cidade maravilhosa sagrada Três Rios por onde passa, além de ter orgulho de sempre dizer que: O Esporte Pode Mudar Vidas!


Imagens: Divulgação ATSfull-width

Comentar

Postagem Anterior Próxima Postagem

Concer